Abeno participa do Fórum sobre

Ensino a Distância na área da Saúde

 

À esq.: Abeno com presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter da Silva Jorge João, um dos principais idealizadores e promotores do Fórum sobre EAD. À dir.: com Gilcilene Chaer, do CRO-DF e da Associação Brasileira de Educação Farmacêutica (ABEF),  o presidente da Associação Brasileira de Ensino Médico (ABEM), Sigisfredo Luis Brenelli, Ester Dalla Costa, da ABEF e Márcia Sakai, da ABEM, em reunião de trabalho para discutir o EAD na área da Saúde

A Associação Brasileira de Ensino Odontológico (Abeno) participou do Fórum sobre Ensino a Distância (EAD) na área da Saúde, que aconteceu dia 24 de fevereiro, em Brasília, com a presença de diversas entidades e promovido pelo Conselho Federal de Farmácia e Fórum dos Conselhos Federais (FCFAS).

No encontro foi produzido o documento a ser encaminhado ao ministro da Educação e ao Conselho Nacional de Educação (CNE) manifestando a preocupação das entidades de Saúde com o avanço do ensino a distância no setor. “O grupo analisou, sobretudo, as particularidades do ensino na Saúde, que requerem o desenvolvimento de competências para o trabalho humanizado e o treinamento técnico especializado para atividades práticas”, explica a presidente da Abeno, Maria Celeste Morita.

Cerca de 180 pessoas das diversas entidades da área da Saúde lotaram o auditório do encontro. Recentemente o Conselho Nacional de Saúde se manifestou sobre o tema, apontando cenário em que a qualidade do ensino presencial na graduação em Saúde já é uma preocupação e o ensino a distância encontra-se em plena expansão.  Segundo o Sistema e-MEC de Instituições e Cursos de Educação Superior estão autorizadas 274,1 mil vagas de ensino a distância em 11 das 14 profissões da Saúde, com exceção de vagas para Medicina, Psicologia e Odontologia.

Carta aberta - Na sequência do Fórum as entidades de ensino de Medicina (Abem,), Odontologia (Abeno) e Farmácia (Abef) se reuniram para iniciar a elaboração de documento conjunto sobre o tema. Outras entidades relacionadas ao ensino na área da Saúde que não puderam comparecer à reunião deverão participar na finalização da carta aberta a ser divulgada pela web sobre o EAD nas profissões da Saúde.

Documento do CFF e FCFAS expõe a atual situação do EAD e pondera sobre os prós e contra desse sistema. Confira neste link para mais informações:
http://www.cff.org.br/noticia.php?id=4353