Grupo de Professores de Bioética
defende privacidade de paciente
odontológico nas redes sociais

 

Os professores Leandro Brambilla Martorell da UFG e Mirelle Finkler da UFSC (foto), integrantes do Grupo de Professores de Bioética formado na 52ªReunião da Abeno, neste ano, discutem a Carta de Natal em artigo recém-publicado na Revista Brasileira de Odontologia Legal. A Carta, publicada pela Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (Sboe), em 2016, advoga o direito do uso de imagens de pacientes nas redes sociais, em nome da liberdade de expressão e informação.

Os professores, atentos aos problemas emergentes no contexto das mídias sociais em relação à Odontologia, apontam que, para além da necessidade do respeito ao sigilo profissional, o tema traz à tona a discussão sobre a mercantilização e o aviltamento da profissão, bem como sobre a concorrência desleal.

Destacam ainda a importância de uma reflexão ética no meio acadêmico e profissional como modo de lidar com o uso de estratégias retóricas que buscam simplesmente contornar o Código de Ética Odontológico em favor de interesses particulares.

Ofício da Abeno e do Grupo de Professores de Bioética, nesse sentido, será encaminhado ao CFO.

Para ler o artigo: http://portalabol.com.br/rbol/index.php/RBOL/article/view/154/147